Não há mais espaço para regras na moda

A moda, há muito tempo atrás, era uma indústria ditadora. O novo era ditado, as tendências eram ditadas, as regras eram impostas. E quem não seguia a cartilha de moda era execrado do mundo hype e ironizado pro resto da vida. A alta sociedade era a privilegiada, pois os profissionais de moda estavam de lado desse pessoal que, por estar no topo da pirâmide, acabavam sendo copiados por todos que estavam embaixo. Mas esse tempo acabou.


A moda pode parecer bem rasa e simples de descrever para alguns, sempre exemplificada como roupas, produtos ou hábitos que a sociedade usa ou faz por um determinado tempo que, geralmente, é bem curto. Mas a moda é muito mais que isso. A moda é um reflexo dos anseios, desejos e comportamento de uma sociedade. E pra explicar isso de forma simples, temos exemplos de tudo que vem acontecido no mundo. Quer ver?

Antigamente, as pessoas de uma sociedade em si eram apresentadas a algumas regras e conceitos que foram enraizados desde o nascimento. Como por exemplo: homem e mulher, rosa e azul, carrinho e boneca, certo e errado, permitido e não permitido. Mas essas normas estão sendo questionadas. E isso se reflete diretamente na moda.


O culto ao belo tem sido questionado, as identidades de gênero estão sendo questionadas, o permissivo e o não permissivo está sendo questionado. E a internet, considerada uma terra de liberdade, foi o principal propulsor desses questionamentos. Com toda sociedade se questionando sobre esses hábitos, normas e costumes, a roupa vai acompanhando o comportamento mutatório da sociedade.

Por isso homens usando vestidos, meninas raspando o cabelo, todos os tingimentos capilares que andam acontecendo, a aceitação dos cachos e do crespo, o orgulho negro celebrando suas raízes, a expansão da moda plus size e até coisas consideradas simples, como usar brilho ou paetê de dia (a regra era só para eventos noturnos). Tudo que era considerado um erro para os ditadores de moda está virando moda, pois é um reflexo do cansaço ao excesso de regras e normas. A liberdade é a palavra-chave.


A gente não quer mais ler um livro que nos ensine a como nos vestir. A gente quer viver a delícia de ser quem somos e nos permitir brincar com a moda, experimentar peças e exercitar o nosso estilo. Queremos nos permitir expressar a nossa individualidade sem sermos julgados por isso. É um novo momento, e nesse momento não há mais espaço para regras na moda. Não mais. 

Comentários

  1. Post maravilhoso! É realmente incrível a mudança da moda e a queda de suas regras. Amei.

    ResponderExcluir
  2. Eu li esse post inteiro com um sorrisão no rosto! Acho que é exatamente isso que você falou e concordo com cada palavrinha. A nossa geração tem muitos defeitos, mas essa vontade de questionar as coisas com certeza não é um deles, e eu espero que a gente continue assim, cada vez mais quebrando padrões <3
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
  3. Oi querido, não tinha lido seu post ainda, mas eu concordo que a sociedade está mudando (graças a deus). Na minha época confrontávamos mto pouco uns aos outros, mas esta geração nova quem vem por aí é muito melhor, já sabe afirmar suas vontades e não aceita tudo que é imposto! Que maravilha! ;)

    ResponderExcluir

Postar um comentário